terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A Dificuldade da Pirueta

Acho que como a grande maioria das bailarinas iniciantes (como eu), a grande e enorme dificuldade é fazer uma pirueta sem se estatelar no chão.... rsrsrsrsrsrs.....


Eu andei pesquisando o assunto e percebi que não sou apenas eu, que sofro com isso... (cheguei a pensar que eu que não tenho estabilidade rsrsrsrsr acho que meu centro de gravidade é meio torto). Eu não consigo dar nenhum pirueta, nem que seja a mais simples, da mais simples, da mais simples.... (Acho até que se eu tentar fazer com os dois pés no chão eu desequilibro rsrsrsrsrsrsrs)

Então é ai que minha linda e querida professora entra. Ela disse que eu tenho que arrumar minha cabeça..... mas me diga uma coisa, como???? Esse negócio de cabeça é a última que sai e a primeira que chega é muito complicado para o meu cérebro..... Até eu pensar nisso, eu já caí rsrsrsrsrsrs então resolvi pesquisar se existe algo que eu possa fazer a respeito, mas eu não achei nada.....

A Veruska (minha professora) disse pra eu ficar na frente do espelho, rodando e marcando a cabeça bem devagar, pra eu conseguir na hora do giro.... mas não sei não.... eu não consigo pensar nisso na hora.... sei lá o que acontece comigo....

Se alguém tiver uma luz, tiver uma indicação de bibliografia, tiver um exercício, qualquer coisa que puder me ajudar eu ficarei muito grata, pq eu to vendo a hora que eu ainda vou cometer um acidente na aula hahahahahahahahahahahaha


Um beijooooo meninas e boa semana

2 comentários:

  1. A cabeça é muito importante no giro, se não vamos parecer vendedoras de acarajé! rsrs
    Carla

    ResponderExcluir
  2. Acho que o segredo é mesmo o pliê.Heheh
    Beeijos!

    ResponderExcluir